walken wild

quando penso em Christopher Walken penso em A lenda do cavaleiro sem cabeça.
e de sua passagem surreal em Pulp Fiction (ele guarda o relógio no c* por 2 anos).
mas também me lembro dele como contador de histórias.

aqui você ouve o maluco lendo o livro Onde vivem os monstros (Where the wild things are, de Maurice Sendak, escritor e ilustrador americano).
por sua vez, este livro virou um filme lindo, do Spike Jonze… mas isso é uma outra história.

 

imagem_ bro council

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *