trans matarazzo

Shows e exposições imperdíveis te esperam na capital paulista. Se eu fosse você não perderia…

 

Queens of the Stone Age – 25 Setembro

A banda californiana volta ao Brasil para divulgar canções do sexto e mais recente álbum “…Like Clockwork”.

Fato curioso sobre a banda, que está há 18 anos de estrada, é que ela frequentemente troca seus integrantes ou convida outros artistas para participarem de shows e gravações. Os únicos membros fixos são vocalista e guitarrista. Meu colaborador preferido no Queens foi o muso Dave Grohl (vocalista do Foo Fighters, ex-baterista do Nirvana e coautor de inúmeras bandas). Dê uma olhada no clipe chamado “No one knows”, de 2002, com Mr. Grohl massacrando na bateria. Vá e não se arrependa.

No Espaço das Américas – Rua Tagipuru, 795, na Barra Funda.

 

Franz Ferdinand – 30 Setembro

Fregueses no Brasil, os garotos escoceses do FF voltam a tocar no Rio e em São Paulo este mês.

Estou certa de que se lembram do hit “Take me out” deles, de 2004, que explodiu na MTV e rádios do mundo todo. O que não sei se todos sabem é da origem do nome da banda… Franz Ferdinand era arquiduque da Áustria e seu assassinato em 1914 é conhecido historicamente como o estopim da 1ª Guerra Mundial.

(…está se lembrando de sua aula de história no colegial, hein…)

Aproveite e venha para SP ver os dois shows! No mesmo Espaço das Américas.

 

Made by…Feito por Brasileiros – até 12 Outubro

Imaginem um hospital desativado há mais de 20 anos. Imaginem esta obra enorme, abandonada, nas proximidades da Avenida Paulista. Agora imaginem este lugar tomado por uma mega exposição de arte. Sim, será demais. O antigo Hospital Umberto Primo, mais conhecido como Hospital Matarazzo, abrigará por um mês o projeto Made by…Feito por Brasileiros.

Conceituados realizadores brasileiros, como Henrique Oliveira, Lygia Clark, Nuno Ramos e Vik Muniz dividirão o espaço com outros renomados artistas internacionais.

A iniciativa pretende revitalizar esse importante local no coração da capital, que, por meio do abandono e da ação do tempo, se tornou quase invisível.

Além da exposição, o projeto terá o lançamento de um livro (também intitulado Made by…) e também contará com um Centro de Criatividade, no qual, além da exibição dos trabalhos de artistas de diferentes segmentos, serão realizados seminários, debates, workshops e oficinas. É banho – e gratuito – de cultura. Não perca.

Hospital Umberto Primo – Cidade Matarazzo. Alameda Rio Claro, 190 – Bela Vista. Grátis.

 

Henrique Oliveira. Transarquitetônica – até 30 Novembro

Ah… isso sim é uma real experiência com a arte.

Reconhecido internacionalmente por suas instalações que despertam as mais distintas sensações nos visitantes, Henrique Oliveira propõe uma discussão poética sobre a história da arquitetura, os abrigos e cavernas do passado, e vence o desafio de ocupar os 1600 m² do edifício com forte marca da escultura moderna de Niemeyer.

É também uma ótima oportunidade de conhecer a nova sede do MAC-USP (Museu de Arte Contemporânea), antes na Cidade Universitária. Desde Janeiro de 2012, o museu passou a ocupar um prédio de Niemeyer, parte original do complexo do Parque do Ibirapuera e que antes estava sendo (sub)utilizado como sede do Detran.

A exposição permanece até 30 de novembro. A entrada é gratuita. Traga as crianças também, entrar na obra é uma diversão para qualquer idade.

No MAC USP Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral, 1301.

 

Escreva para padocacult@gmail.com e desabafe. Te aguardo.
(Imagem: Guia Uol)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *