Red Jazz Bull Benjor

Conhece São Paulo? Então sabe do que estou falando: é uma cidade honesta com você, pois te joga na multidão sem fazer distinção. Não conhece São Paulo? Venha e experimente a sensação. Até entendo se não gostar… mas garanto que a experiência é única. Aqui é um mosaico. Um jogo de combinações infinitas. Ah, vem e depois me conta. Te deixo algumas dicas para que se divirta a valer:

 

BMW Jazz Festival – 29 de maio a 1 de junho

Quem se lembra do Free Jazz Festival? Aquele que depois da proibição de patrocínios de empresas tabagistas a eventos culturais se tornou Tim Festival? Pois é, desde 2011 a alemã BMW passou a assinar o festival e continuar a tradição de trazer ao Brasil artistas e bandas reconhecidas, não só no gênero que dá nome ao evento. Nesta edição, formam o line-up o cantor Bobby McFerrin, filho do barítono Robert McFerrin, artista que redefiniu o papel da voz humana com o sucesso “Dont Worry, Be Happy”, primeira canção interpretada a capela a atingir o topo da parada da Billboard; o pianista de 85 anos Ahmad Jamal, um dos músicos favoritos de Miles Davis; o contrabaixista Dave Holland, que tocou com o próprio Miles, entre outros. No domingo, 1 de junho, o palco externo do Auditório Ibirapuera sediará o já tradicional show gratuito ao ar livre, com atração ainda a ser divulgada. Não tem erro: escolha um dos dias e delicie-se com música de primeira.

No HSBC Brasil – Rua Bragança Paulista, 1281. Ingressos de R$25 a R$180. http://www.hsbcbrasil.com.br/bmw-jazz-festival

No Auditório do Ibirapuera – Rua Pedro Álvares Cabral, s/n. Grátis.

 

Show Jorge Ben Jor – 30 de maio

Suingue, suingue, suingue. Para que buscar outra palavra para descrever a arte de Jorge Ben Jor? É só ouvir uma música do carioca de origem etíope e pronto: o samba – ou o rock, a bossa-nova, o funk, o maracatu, o jazz – ou todos estas influencias juntas e misturadas vão te pegar e não te soltar mais. “Mas que nada”, canção de seu álbum de estreia de 1963, foi a primeira música que aprendi a cantar no coral. Te dá um prazer, rapaz…

A lenda viva se apresenta no final do mês. Vá e aproveite para cantar a plenos pulmões “Chove Chuva”, porque estamos precisando e muito.

Rua Tagipuru 795, na Barra Funda. Ingressos de R$50 a R$160.

www.espacodasamericas.com.br

 

Red Bull Station

Desde outubro do ano passado um prédio de 1926, no centro de São Paulo, abriga o Red Bull Station. O edifício era uma subestação de energia tombada como patrimônio histórico e estava desativado desde 2004.

O foco é em projetos experimentais de artes e música. O local conta com estúdio musical, projeto permanente de residência artística, três espaços expositivos, terraço e cafeteria.

O dia que estive lá os artistas residentes estavam com seus estúdios abertos, explicando seus trabalhos. A residência na ‘estação’ dura 3 meses, nos quais os agraciados recebem uma mesada semanal, mais o direito de usar um dos estúdios. Também estava rolando uma feira de livros, zines, pôsteres e afins e uma artista estava executando seu projeto artístico: tatuar a letra B em quem quisesse. Minha amiga recebeu não um, mas 2 Bs em sua pele. B de que? De bebê, meu bem. Vá e alastre para os amigos.

Praça da Bandeira, 137. Entrada gratuita.

http://redbullstation.com.br

 

Conte o que te interessa em São Paulo. Faça seu pedido em padocacult@gmail.com.
(Imagem: ESPN)

2 musos Bowie e Vedder

Tá com fome? Aqui na padoca tem novidades saindo do forno. Tome nota e programe-se para shows e exposições que vão te fazer um bem e ainda te saciar. São Paulo é um pulo, é logo ali para quem quer se divertir numa arena de possibilidades infinitas. C’mon, folks!

 

Exposição David Bowie – até 20 de abril

Ainda dá tempo, meu povo. Está imperdível a exposição sobre o artista inglês multitalentos David Bowie. A exposição, organizada pelo Victoria and Albert Museum de Londres, reúne letras de músicas, manuscritos, desenhos, 47 figurinos, trechos de filmes e shows, videoclipes e fotografias.

A ideia é adentrar o processo criativo de Bowie e verificar como sua obra influenciou diversos movimentos artísticos. Ele foi e ainda é um agudo observador da nossa sociedade, alguém que realizou intervenções significativas na cultura.

David Robert Jones nasceu em Brixton, Londres, em 8 de janeiro de 1947. É reconhecido por ser um dos mais audaciosos e criativos artistas do seu tempo. Vendeu mais de 140 milhões de álbuns, foi premiado diversas vezes e participou de filmes que até hoje são ícones da cultura pop, como Labirinto (1986). Em 2013 surpreendeu o público com o lançamento do álbum The Next Day, o primeiro trabalho depois de um hiato de 10 anos. Ingresso R$10 –

No Museu da Imagem e do Som (MIS): Avenida Europa, 158. http://www.mis-sp.org.br

 

Live Sessions: Com RPM, Biquini Cavadão e Titãs – 26 de abril

Tributo ao rock nacional: três bandas se reunirão em evento inédito, que tem como objetivo fomentar o rock brasileiro.

As apresentações serão iniciadas pelo RPM, banda que surgiu em 1983 e embalou, por diversos anos, as paradas de sucesso do país. Liderado por Paulo Ricardo, o grupo retornou aos estúdios em 2011, quando lançou o álbum “Elektra”.

O Biquini Cavadão sobe ao palco após o RPM. Nascida em 1985, no Rio, a banda emplacou hits como “Zé Ninguém”, “Tédio” e “Vento Ventania”.

Os Titãs fazem a última apresentação. A banda, com mais de 31 anos e 22 álbuns, revolucionou o rock no Brasil e até hoje faz história.

Como dizem por aí, é serviço completo: barba, cabelo e bigode. Aproveite.

No Citibank Hall – Av. das Nações Unidas, 17.955. Ingressos de R$45 a R$220.

https://www.citibank.com.br/servicos/entretenimento

 

Eddie Vedder – 6, 7 e 8 de maio

Vocalista e guitarrista do Pearl Jam, Eddie Vedder vem ao Brasil para uma breve temporada de shows – serão 3 em SP e 2 no Rio. Sua banda, formada em Seattle nos anos 1990, ajudou a forjar o estilo “grunge”, usualmente considerado o último grande movimento do rock. De lá, vieram bandas como Nirvana, Soundgarden e Alice in Chains. Ao todo, o Pearl Jam vendeu cerca de 60 milhões de álbuns e mantem uma legião de fãs ao redor do mundo.

A discografia da carreira solo de Eddie Vedder é composta pelo álbum “Ukulele songs” (2011), com canções gravadas com o ukulele, um pequeno instrumento de cordas e pela trilha sonora do filme “Na natureza selvagem” (Into the wild, 2007). Eddie criou uma trilha tocante, inspirado por um filme lindo e profundo. Particularmente, esse álbum significa o som da felicidade: foi a trilha sonora de uma das viagens mais belas que fiz na vida. Embarque nessa.

No Citibank Hall. Ingressos de R$50 a R$800.

 

 

A padoca quer saber! Conte o que te interessa em São Paulo. Um evento? Um parque? Escreva para padocacult@gmail.com e abra seu coração.
(Imagem: Notiluca)

Dois mile catarse

“Dois mile crazy para dois mile catarse” – esse grafite, num muro aqui em São Paulo, foi para mim a melhor tradução do novo ano, ou melhor, da expectativa para o ano que se inicia. Meu coração está aberto para viver catarses, purificações e libertações memoráveis, e mais que isso, estou a fim de provocá-las. E você aí, o que deseja nesse 2014?

Uma coisa é certa, mantenha sua alma alimentada. As dicas abaixo estão recheadas de nutrição, aproveite e se lambuze.

 

As câmeras duplas de Guto Lacaz – de 19 de janeiro a 23 de fevereiro

Os fotógrafos Arnaldo Pappalardo, Bruno Cals, Cris Bierrenbach, Tuca Vieira e o coletivo Garapa exibem trabalhos que fazem releituras das câmeras duplas imaginadas por Guto Lacaz, em 1998 para editorial publicado na extinta revista Boom. Guto Lacaz é um dos mais criativos artistas visuais brasileiros.

A exposição resgata essa ideia dos objetos fictícios do artista e aproxima o público de dois segmentos: artes plásticas e fotografia. Trata-se de uma experiência reflexiva em torno de uma possibilidade fotográfica surrealista: fotos reais clicadas por câmeras imaginárias. Produção minha, que tive imenso prazer em realizar. Curadoria DOC Galeria.

Funarte São Paulo – Al. Nothmann, 1.058. Tel. (11) 3662 5177. Grátis.

http://www.funarte.gov.br/artes-visuais/

DOC Galeria – Rua Aspicuelta, 662, Tel. (11) 3938 0130. http://docgaleria.com.br

 

5ª Mostra SP de Fotografia – 25 de janeiro a 23 de fevereiro

O aniversário de São Paulo é comemorado à altura e com apuro visual: a 5ª edição da Mostra SP de Fotografia reverencia a capital paulista com exposições em diversos pontos da Vila Madalena. O projeto é uma realização da DOC Galeria e ainda conta com diversos projetos paralelos, como o lançamento da Academia Paulista de Fotografia, um workshop da Magnum Photos (agência de fotografia mais respeitada do mundo), exclusivo em São Paulo, noites de projeção, ciclos de conversas e um rally fotográfico. São mais de 35 exposições e 150 fotógrafos. Este projeto incrível tem a curadoria do jornalista e fotógrafo Fernando Costa Netto, idealizador da Mostra e amigo querido que me colocou a frente da produção de alguns projetos paralelos, como o ciclo de palestras. Acompanhem a agenda de atividades pelo site da Mostra ou em sua página no facebook. Recomendo com louvor: um trabalho profissional tocado pela DOC Galeria com gente que entende do que faz.

Exibição de fotos em cafés, lojas, galerias, restaurantes, muros e postes da Vila Madalena.

Grátis. http://www.mostraspdefotografia.com.br

 

 

Criolo – 31 de janeiro e 1 de fevereiro

O MC (mestre de cerimônias), cantor e compositor Criolo retorna ao palco do antigo cinema da Liberdade para duas apresentações e os ingressos já estão à venda.

No show, o artista relembra os principais sucessos da carreira e também incluirá no repertório as novas músicas “Duas de Cinco” e “Cóccix-ência”, lançadas em outubro de 2013, uma prévia de um trabalho que está por vir, mas ainda sem data definida.

Apontado como um dos principais nomes da atualidade da música popular brasileira, Criolo ganhou notoriedade com o sucesso da música “Não Existe Amor em SP”, incluída em “Nó na Orelha”, lançado em 2011. Estive em dois shows dele no mesmo Cine Joia e te digo: vá e não se arrependa. Isso sim é catarse – e coletiva! Ingressos de R$20 a R$ 80.

Praça Carlos Gomes, 82. Tel: 11 3231 3705. www.cinejoia.tv

 

 

A padoca aguarda sua mensagem. O que te interessa em São Paulo? Escreva para padocacult@gmail.com e solte a língua!
(Imagem: Funarte)