intervenção serra_mar

na passagem do ano passei por três estados.
abracei e beijei um monte de gente amada, contemplei pedras enormes, ouvi segredos, conheci estradas, tomei banhos gelados e tomei chuva. vi a chuva se dissipar e dar lugar a lua cheia. vi o céu brilhar.

e aproveitei para brincar com meus recortes.
aqui vão os microcontos dessa viagem:

na abertura da vulva

dezembro chega que chega abalando, sempre foi assim. para uma sagitariana, então… olha. nem falo nada.
dia 2 teve a inauguração do espaço vulva e lá fomos nós, minhas colagens e eu, prestigiar sua abertura. amigos aparecem, novos amigos acenam, abrem-se mais lugares de beleza nos olhos, gatos seduzem e nos guardam daquele jeito que os felinos fazem e eu não sei explicar.

outras exposições estão a caminho, assim como um outro ano, que já perfuma o ambiente. 2018 tem cheiro de ventos do norte. para você ele exala o que? já começou a sentir?