steampunk

outro dia me apresentaram ao termo steampunk.

achei que não conhecia, até buscar referências:

Frankenstein (Mary Shelley), Guerra dos mundos (H.G. Wells), Metrópolis (Fritz Lang).

tecnologia, maquinário, ficção cientifica, fantasia. horror.

um apocalipse com sobreviventes. Mad Max e Blade Runner misturados e reais.

dar uma breve passeada nesse universo me levou a China Miéville, autor inglês de weird fiction – três vezes vencedor do prêmio literário britânico Arthur C. Clark (escritor que por sua vez foi coautor do roteiro de 2001: uma odisseia no espaço).

ok, este encadeamento não para nunca mais.

resumindo essa viagem: tem mais livro pra subir a pilha da minha cabeceira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *