na ciranda

no começo de novembro participei da Ciranda – 4º encontro de contadores de histórias no Senac Aclimação.

fui a convite da querida contadora e professora Elaine Gomes. sim, preciso dizer: é um assombro como as histórias tem força.

foram dois dias de música, poesia, cordel, tambor, performance, palavras e encontros. eu fiquei tímida e ao mesmo tempo lisonjeada. fiquei assustada e encantada, de ouvidos abertos e coração acelerado. conheci pessoas, pude ver caminhos.

levei minhas colagens e microcontos, falei deles, de poesia urbana, e de como estou vivendo essa experiência que sonhei viver: andar junto, sempre junto e para sempre junto de memórias e histórias. e de como estou sendo a autora de uma. em uma palavra: satisfação.

imagens_ Giovana Pasquini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *