mostra, metal e miró

Tem o trânsito. Tem o frio, tem as filas.
Tem também uma quantidade enorme de histórias e experiências.
Tem o momento único que é conhecer uma imagem ou som novo, sentir algo que não tem descrição, não tem raciocínio envolvido – só sensação.
Faça isso por você: conheça formas de expressão que te provoquem e que te façam viajar.
Droga boa e barata, vai por mim.
Aqui vão programas que selecionei para este Junho, em São Paulo, para a macacada se divertir:

Mostra SP de Fotografia – de 11/6 a 11/7
O maior evento de fotografia de São Paulo chega a sua 6ª edição e novamente domina as ruas da Vila Madalena, Zona Oeste da capital paulista.
Neste ano, o evento organizado pelos queridos amigos da DOC Galeria traz uma grande novidade: enquanto antes voltava-se exclusivamente à exibição de fotografias paulistanas, agora a mostra será um espaço de pesquisa e celebração voltado à fotografia brasileira.
Serão 34 pontos expositivos, entre bares, lojas, cafés e restaurantes e 80 autores, em 10 ruas do bairro. Para completar a programação, outras atividades como conversas, passeios, projeções e ações especiais vão acontecer no período.
Apreciar Mauricio Lima, Autumn Sonnichsen, Bob Wolfenson, Carlos Dadoorian, João Wainer, Claudia Jaguaribe, Drago, Carol Quintanilha e tantos outros artistas visuais em uma tacada só… isso sim é celebrar a fotografia. Um salve, um viva para essa iniciativa. Vida longa!
Siga a programação na página da Mostra no facebook ou no docfoto.com.br

Sepultura – 20 e 21/6
Nascido em 1984, em Belo Horizonte, o Sepultura comemora seus 30 anos de estrada com 2 apresentações na cidade de São Paulo.
A banda de metal criada pelos irmãos Max e Igor Cavalera – que já vendeu aproximadamente 20 milhões de discos – é considerada a banda brasileira de maior repercussão no mundo.
Eles foram e ainda são considerados vanguarda na música pesada mundial: thrash metal, death metal, black metal, groove metal, nu metal, hardcore e metalcore – a lista de influências é enorme. Primeiro conquistaram o mundo para depois serem admirados em seu próprio país.
Headbangers, não percam a chance de festejar o metal.
Ingressos entre R$ 50 e R$ 250
No Audio Club – Avenida Francisco Matarazzo, 694.

Joan Miró – A força da matéria – até 16/8
Depois de encher suas salas com obras da artista japonesa Yayoi Kusama e Salvador Dalí, o Instituto Tomie Ohtake traz mais uma exposição de outro artista catalão famoso, Joan Miró.
São apresentados desde desenhos e pinturas da época da Guerra Civil Espanhola e da Segunda Guerra Mundial até esculturas, gravuras e obras em suportes inusitados, como chapas de madeira e lixas. No total, mais de 100 obras compõem a mostra.
Seus famosos personagens – o pássaro, a mulher e o homem podem ser vistos e apreciados, nesta bela oportunidade de conhecer melhor a história deste influente artista do século XX.
As peças são parte do acervo da Fundação Joan Miró (Barcelona) e de colecionadores particulares.
Aproveite para se perder e se achar nas cores e formas do espanhol.
O Instituto Tomie Ohtake fica na Rua dos Coropés, 88. Ingressos R$10.

Ideias? Sugestões? Fala alguma coisa, poxa! Manda aqui: padocacult@gmail.com

 

imagem_ Leo Cap [DOC FOTO]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *