el supremo

além de ter criado filmes estranhos e provocadores, Buñuel escreveu um livro, Meu último suspiro.

nunca, nunca me esquecerei do que aprendi com ele sobre a memória.

”a memória é permanentemente invadida pela imaginação e pelo devaneio, e como existe uma tentação de acreditar no imaginário, acabamos por transformar nossa mentira em verdade. o que aliás só tem importância relativa, já que ambas são igualmente vividas e pessoais.”

me dá um conforto.

 

imagem_ the red list

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *